segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Sala de aula não é internet... SERÁ???


Onde chegamos???



...e agora já não importa se o seu banco guarda o seu dinheiro,
mas se ele resguarda os seus VALORES!

Quase que toda essa (enorme) postagem foi feita ainda em 2017, bem no início do ano, tendo em vista os discursos, atitudes e posturas extremadas do nosso povo brasileiro (e o resto do mundo não é muito diferente da gente), postura comum dos dois lados de uma enorme gritaria... mas talvez seja um momento para retomarmos a questão e finalmente re-publicá-la.

De início pensemos o seguinte:



Parece difícil discordar do pensador... 
Segue daí um debate proposto por uma série de vídeos interessantes para toda sociedade, sejam alunos ou professores, pais ou filhos... todos no intuito não afundarmos nesse mar de gente.





"Estamos em uma momento complicado!"
- é a frase que ecoa no nosso tempo -

Afinal, ouvimos muito (pouco), e mesmo assim é sempre menos do que deveríamos. A acuidade auditiva é hoje menos capaz que a seleção auditiva (ou audição seletiva?!), muita vezes não escutamos, outras ainda ouvimos, e por vezes se escutamos não damos atenção (entendeu a diferença?)...
O fato é que, hoje, mediante o uso de palavras-chaves, nossa atenção é apreendida por completo, só então vemos, ouvimos e pensamos...


Pensamos?
Será?

E daqui por diante, peço encarecidamente que tomem cuidado com os seguintes termos:

Ler não é "Estudar"...
Economia não é "Política"...
Opinião não é "Filosofia"...
Manchete de notícia não é "Verdade"...
Nem tudo que existe no mundo "está no Google"...
(e vice-versa)

Sendo assim, segue abaixo, uma série de vídeos de alguns influenciadores digitais (no vulgo neologismo: youtubers), onde uma cambada de gente que não leu e não estudou, que nada sabe de economia ou política, e, cheios de opiniões, mas vazios de filosofia (talvez), fazem manchetes que não são verdadeiras sobre coisas que não estão no Google nem em nenhum outro canto do mundo... só no YOUTUBE!



Apesar de tudo, vale a pena assistir!

sábado, 6 de outubro de 2018

Ementa, planejamento e cronograma do 2º ano - 4º bimestre.


Segue nosso cronograma do 4º Bimestre...


Caderno de atividades:


Segue uma ajuda para nossos trabalhos em grupo e para estudos individuais:


...aguardo vocês do outro lado do ENEM!!!

Ementa, planejamento e cronograma do 1º ano - 4º bimestre.


Caros, para refrescar a memória e aliviar suas mãos que já não aguentam mais copiar matéria do quadro, segue todo o nosso passo-a-passo deste 4º bimestre...

Clique aqui para ir para o site!

Caderno de atividade do 1º Ano - 4º Bimestre.

Clique aqui para ir para o site!

Guia dos vídeos indicados ao 1º Ano - 4º Bimestre.

Clique aqui para ir para o site!

Enfim, chegamos ao primeiro filósofo ilustre: Platão.

Ementa, planejamento e cronograma do 3º ano - 4º bimestre.

E para fechar com chave de ouro: nosso cronograma do 4º Bimestre...

Clique aqui para ir para o site!

Caderno de atividades:

Clique aqui para ir para o site!

Caderno de recursos:

Clique aqui para ir para o site!

...aguardo vocês do outro lado do ENEM!!!

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Já tá tudo armado...


O Circo - Medulla


Um certo dia a cidade
Amanheceu empacotada
Cartazes por todo lado,
O circo está armado
Inúmeros bichos numerados
Comprem suas entradas que o show vai começar
Respeitável público, o sorriso na boca do palhaço
Onde o tempo que passa é atraso
A miséria enche o prato
Escambo barato
O povo descalço com votos sapatos
E de quatro em quatro anos o mesmo espetáculo
Aperta a mão que eu te dou um doce
Aperta a mão que eu te dou um doce
São poses promessas e beijos na testa
Cadeiras compradas ingressos na mão
O sorriso na boca do palhaço é o sorriso na boca do leão
Não bota a mão não
Que morde
E o povo de olhos vendados no globo da morte
Código de barra e cara lavada
Pintada com faces multicoloridas
O rufado da caixa anuncia a nova acrobacia
E revela o momento que a corda bamba rompia
Mas tudo é combinado
Faz parte do espetáculo
Truque ilusionista
Abracadabra e você no meio do picadeiro
Servindo de isca
Aperta a mão que eu te dou um doce
Aperta a mão que eu te dou um doce
São poses promessas e beijos na testa



quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Já não dá mais pra deixar passar...


Chegou a hora de mostrar serviço...
Só pra quem não correu atrás...

Seguem as recuperações FINAIS:




ATENÇÃO: a avaliação encerra o prazo às 23:59h de domingo (30/09)!



Bons estudos...

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Política para os ouvidos...


Segue o link com as músicas, letras e vídeos para vocês baixarem.

Clique aqui para baixar!

Além das que foram apresentadas em sala de aula,
foram adicionadas algumas faixas bônus!

Bom proveito!

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Vamos botar uns pontos no boletim?


Chegou a hora de dar uma moral pra toda a galera...
Sejam os que correram atrás e não conseguiram e os que nem correram...
E ainda para os que estão correndo na frente e não querem parar!

Seguem as recuperações paralelas:




ATENÇÃO: a avaliação encerra o prazo às 23:59h de domingo (16/09)!

Lembrem-se que as questões da prova bimestral estão entre as questões dessa recuperação, aproveite a oportunidade para estudar e se preparar para a prova!

Bons estudos...

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Progressão e Dependência! Material e plano de estudo!


Leia os avisos a seguir com muita atenção!!!
Avaliação de Dependência em Filosofia do 3º Bimestre


1. COMPARECER NA COORDENAÇÃO PARA ASSINAR O TERMO DE COMPROMISSO.

  Data de entrega do termo: __03 até 14__/__09__/__2018__.

ATENÇÃO
Este documento é obrigatório e deve estar assinado até a data da prova para que o aluno possa fazer a avaliação!

2.  Lista de exercícios da apostila:
(estes exercícios servem como pré-requisitos para que o aluno faça a avaliação)
· 1º Ano: 4 apostilas (1º Bimestre, 2º Bimestre, 3º Bimestre, 4º Bimestre)
· 2º Ano: 4 apostilas (1º Bimestre, 2º Bimestre, 3º Bimestre, 4º Bimestre)
· 3º Ano: 4 apostilas (1º Bimestre, 2º Bimestre, 3º Bimestre, 4º Bimestre)
Tudo manuscrito (escrito à mão) em folha de papel almaço, identificando as questões e as páginas de cada uma das apostilas, trazendo SOMENTE A RESPOSTA das questões. NENHUMA PERGUNTA DEVE SER COPIADA.
(Se você já fez as apostilas durante o ano letivo e teve o cuidado de guardar o seu caderno, com as atividades feitas, que até já receberam o visto... elas podem ser entregues, só deverá estar completo, com letra legível e devidamente organizado. Caso contrário, passe tudo à limpo!) 

Data de entrega da lista de exercício: __18__/__09__/__2018__.

3.  Avaliação presencial escrita

Consiste em uma avaliação por meio de uma única questão discursiva retirada da apostila referente a série do aluno, que dentre uma seleção será sorteada no início da prova, onde o discente deverá discorrer entre 5 e 15 linha, de modo a sintetizar sua resposta e apresentar os conhecimentos e habilidades adquiridos.
Data da avaliação presencial escrita: __18__/__09__/__2018__.

IMPORTANTE!
Procure o professor ou a coordenação para agendar previamente o melhor horário para vir apresentar sua lista de exercícios.
Na intenção de haver organização e não superlotar a sala de provas sem prejudicar ninguém!
Não se atrase!
Não falte!
Respeite os horários e datas estipulados!

E lembre que durante o ano de 2018 ocorrerão outras oportunidades para se recuperar...
Nem tudo está perdido!



Aqui vão os cadernos de atividade acompanhados de uma página com vídeos que trazem exemplos e explicações...


Para ver e saber mais...

Uma alegoria...

Tendo em vista os recentes acontecimentos,
segue uma história para nossa reflexão:


Um monge e o seu discípulo seguiam pelos quatro cantos do mundo em busca do conhecimento. Quando um dia se depararam com um pastor preso em areia movediça. Vendo o pastor completamente imóvel o discípulo perguntou ao monge se o homem havia morrido, quando o monge sorrindo respondeu ao discípulo:


- Esse pastor um dia já foi um discípulo, assim como você, mas desistiu da vida monástica para tornar-se um pastor.

- Mas mestre, porque o pastor encontra-se completamente imóvel na areia movediça?



O monge olhando a sua volta vê um lagarto, o agarra e o joga o réptil dentro da areia movediça.
O pequeno animal logo fica preso.
O réptil se debate na tentativa de salvar a vida, até que espalmando as patas encontrar apoio e se solta correndo para fora da areia movediça, completamente sujo de lama.

O monge olha pro seu discípulo e o pergunta:


- Você entende o que viu?


E o discípulo responde, com grande sorriso:


- Sim, todos nós devemos lutar pela vida!


O monge sorrindo, responde ao discípulo que ele estava errado:


- Mas, mestre... eu não entendo o que se passa então?!


Quando o mestre lhe responde:


- Observe que no mundo estão dispostas as mais variadas virtudes nos mais diversos seres. Enquanto o lagarto luta por sua vida com a virtude da força o pastor escolhe lutar com a virtude da paciência, mas observe que em ambos comparece a virtude da esperança
O lagarto forte e esperançoso busca por conta própria salvar-se, enquanto o pastor esperançoso e paciente, aguarda por alguém que, assim como nós, lhe preste ajuda para fazer ser livre.

Assim, o monge estende ao pastor o cajado que usava de bengala e, cutucando o pastor, o retira de um transe profundo salvando-lhe a vida.



A presente história não tem moral, mas nos deixa a pergunta muito pessoal que deve ser feita por nós a cada um de nós:



Quem somos nós nessa história?

O lagarto, o pastor, o aprendiz ou monge ?


Ou ainda, nenhum deles, mas a própria areia movediça, que segue aprisionando aqueles que apenas desejam seguir o seu caminho?!



Afinal, Quem é você?



AUTORIA: RSPO